Clique aqui e leia a versão digital
Nº 1267 ano 2017
Data:

Geral DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO


Potencial mineral do Tocantins é divulgado em exposição internacional

O evento reúne empresários, representantes de organizações governamentais e privadas e visa apresentar tecnologias e novidades para o setor mineral.

Por: Divulgação
19/09/2017 16h:17min Atualizada em 19/09/2017 16h:17min
Foto: Divulgação
Evento conta com mais 340 expositores e 470 estandes

O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura (Seden), está presente na 17° Exposição Internacional de Mineração (Exposibram) e Congresso Brasileiro de Mineração, realizados de 18 a 21 de setembro, em Belo Horizonte (MG). Os eventos são realizados pelo Instituto Brasileiro de Mineração (Ibram) e reúnem empresários, representantes de organizações governamentais e privadas para apresentar tecnologias e novidades para o setor mineral.

“O nosso objetivo principal é divulgar o potencial mineral do Estado. Apresentar para investidores quais são os minerais estratégicos e com importância econômica que podem ser encontrados no Tocantins”, frisou a gerente de Mineração da Seden, Karine Ferraz que participa do evento. “A presença em eventos de grande porte permite o contato direto com representantes de empresas importantes”, acrescentou. 

De acordo a gerente, o Tocantins possui minérios de grande importância econômica como zicornita e wolframita. “Esses são minerais estratégicos, pois não são encontrados com facilidade e a aplicação deles é nobre, como por exemplo, para revestimento de reatores nucleares ou na indústria química de alto valor”, explicou.

O Governo vem trabalhando para atualizar o mapa geológico do Estado com o objetivo de melhorar a competitividade e fomentar o desenvolvimento da atividade minerária. “O trabalho de mineração, feito de maneira ambientalmente responsável, pode contribuir para o desenvolvimento de regiões mais afastadas, onde está o minério, o que contribui para a descentralização do desenvolvimento econômico”, frisou Karine.

Exposibram

É considerada uma das maiores exposições de mineração da América Latina. O evento conta com mais 340 expositores e 470 estandes e a expectativa é receber cerca 40 mil visitantes. O espaço, de 12 mil metros quadrados, reúne as principais mineradoras com atuação global e grandes fornecedores de produtos e serviços.

Durante o evento serão apresentadas as principais novidades em tecnologia, equipamentos, softwares e outros produtos ligados à Indústria Mineral, além de dados sobre investimentos e gestão.

Outros eventos

Além da Exposibram, a Seden marca presença em outros eventos do setor mineral. Um deles é a 53ª Semana de Estudos Mínero Metalúrgicos (SEMM), realizado pela Universidade de São Paulo (USP), em São Paulo, de 18 a 22 de setembro. O evento conta com palestras, minicursos e visitas técnicas. 

Ainda, participa do Workshop Mineração, realizado dias 18 e 19, no Plenário do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea), em Minas Gerais. O workshop é uma iniciativa das Câmaras Especializadas de Engenharia de Minas do Crea-MG e do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), e tem como objetivo debater questões sobre mineração, legislação, normas, tendências, atuação e atribuições dos profissionais da engenharia no âmbito da mineração.

Comentários

Deixe um comentário

Palmas - Tocantins